Sérgio Reis será investigado por três crimes, incluindo ameaça, após incitação de greve contra o STF

Noticias-Portal.jpg

O cantor sertanejo e ex-deputado Sérgio Reis vai responder a inquérito policial por pelo menos três crimes, incluindo ameaça, após áudio onde ele convoca greve de caminhoneiros e incita ataques contra o Supremo Tribunal Federal (STF). Investigação será aberta pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF).

De acordo com o portal Congresso Em Foco, a informação foi confirmada pelo delegado Leonardo de Castro, da Delegacia de Combate à Corrupção (Decor).

“Ele será investigado pelos crimes de ameaça (art. 147 do CP),  dano (art. 163 do CP) e atentado contra a segurança de meio de transporte (art. 262 do CP)”, explicou Castro.

Conforme o delegado, o objetivo do inquérito é “investigar suposta associação criminosa voltada para a prática de alguns crimes”. O artista de 81 anos deve ser convocado para prestar depoimento.

Deixe uma resposta

scroll to top
error: O conteúdo está protegido !!
%d blogueiros gostam disto: