Justiça eleitoral julga improcedente acusação contra o candidato Eleito de Milhã, Alan Macêdo

120245449_983890882127440_75116171779864630_n.jpg

Alan Macedo e Tatiana Machado, no começo desta noite receberam o parecer da justiça eleitoral, de que o processo de Nº 0600512-88.2020.6.06.0055, que tramitava na justiça eleitoral, com o parecer de improcedente por falta de provas.

Deste modo, Alan Macedo e Tatiana Machado seguem desimpedidos de assumir a prefeitura neste primeiro de Janeiro de 2021. A justiça apurou os fatos e após analisar as provas e os fatos deu parecer favorável a chapa Alan Macedo A força do povo.

Ainda assim, o processo conclui-se como improcedente por falta de provas. A advogada KESSIA PINHEIRO CAMPOS CIDRACK – CE25484, que na véspera da campanha gravou um vídeo dizendo que este tomaria este rumo, foi a advogada responsável por esta vitória no tribunal eleitoral.

Por fim, Alan Macedo foi eleito com expressiva maioria na votação do ultimo dia 15 de Novembro, e agora segue desimpedido para assumir a cadeira de prefeito de Milhã a partir de primeiro de Janeiro de 2020

Processo segue em anexo. “PROCESSO

Deixe uma resposta

scroll to top
error: O conteúdo está protegido !!
%d blogueiros gostam disto: