Adagri inicia Campanha de Vacinação contra Febre Aftosa

febre-aftosa.jpg

O Governo do Estado Ceará, através da Adagri, autarquia vinculada a Secretaria do Desenvolvimento Econômico e do Trabalho (Sedet), iniciou nesta segunda-feira (1) a primeira etapa da Campanha de Vacinação contra Febre Aftosa 2020. A Campanha prossegue até o dia 30 de junho, com a previsão que sejam vacinados cerca de 2,6 milhões de bovinos e 1,4 mil de bubalinos no Ceará.

A presidente da Adagri, Vilma Freire, reforça que ao final desta etapa só serão realizadas mais duas, sendo a última Campanha em maio de 2021. A partir daí a Adagri vai pleitear junto ao Ministério da Agricultura o status do Ceará livre da Febre Aftosa sem vacinação. “Por isso é importante que os criadores vacinem seu rebanho e declarem a vacinação. Só assim estaremos aptos a alcançar esse status”, destaca.

Vilma Freire também lembra que a declaração da vacinação seja feita prioritariamente através do Portal do Produtor, sem a necessidade de deslocamento a um escritório da Adagri ou Ematerce. “Diante da importância da manutenção do isolamento social o criador pode utilizar esse meio eletrônico. Todas as informações estão disponíveis no Portal do Produtor, no site da agência www.adagri.ce.gov.br. Em casos excepcionais, os escritórios da Agência estão funcionando em regime de plantão”, acrescentou a presidente.

O coordenador do Programa de Prevenção e Erradicação da Febre Aftosa da Adagri, Joaquim Barros, também reforça que mesmo com as medidas adotadas de isolamento social, as revendas estão autorizadas a vender a vacina. “Devemos salientar a atenção do criador em não deixar para vacinar de última e assim evitar aglomerações tanto nas revendas como no ato da declaração quando não for possível fazer virtualmente”, destaca.

Parceira da Campanha, a Ematerce estará com 243 funcionários trabalhando em regime de plantão online afim de garantir o sucesso dessa etapa. “Nossos agentes estarão nos escritórios para receber as notas fiscais e declarações dos criadores e também para orientá-los a acessar o Portal do Produtor e fazer sua declaração junto a Adagri. Com isso estaremos fazendo um trabalho importante para que cheguemos ao final desta campanha com as condições de uma boa vacinação para o nosso rebanho. Estamos bem próximo do final da obrigatoriedade de realizar a vacinação e alcançar o status de Ceará Livre da Aftosa sem Vacinação”, reforçou o presidente da Ematerce Antônio Amorim.

Ceará Livre de Aftosa sem Vacinação

O Programa Nacional de Febre Aftosa (PNEFA), Plano Estratégico 2017 – 2026, prevê que a última etapa de vacinação contra febre aftosa no Estado do Ceará poderá ocorrer em maio de 2021, quando o estado deve se tornar livre de febre aftosa sem vacinação, reconhecido nacionalmente pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e internacionalmente pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).

Deixe uma resposta

scroll to top
error: O conteúdo está protegido !!
%d blogueiros gostam disto: